BACALHAU COM NATAS


Ingredientes

400gr de batata palha (2pacotes)
400gr de bacalhau desfiado
1 cebola grande
2 dentes de alho
100gr de azeite
pão ralado
coentros ou salsa

Para o bechamel:
1l de leite,
1p de natas (200gr)
100gr de farinha
60gr de margarina
sal, noz moscada, casca de limão

Preparação

Prepare o béchamel;  junte a farinha, leite, casca de limão, sal e margarina.
Misture muito bem e leve ao lume até engrossar, mexendo sempre. Junte depois as natas e a noz moscada e deixe ferver 5 minutos. Reserve.

Pique a cebola, os alhos e junte o azeite.
Leve a refogar e quando estiver a cebola a ficar transparente junte o bacalhau desfiado e tape a panela, deixando refogar  mais um pouco.
Espalhe num pirex de ir ao forno as batatas  fritas (se preferir e tiver tempo pode usar batatas fritas em casa) e deite por cima o bacalhau quando estiver refogado.
Por último junte o béchamel, misturando tudo muito bem, até ficar numa massa homogénea.
Rectifique de temperos e polvilhe com pão ralado, ao qual misturou coentros ou salsa picada.
Leve ao forno a uma temperatura de 180 º aproximadamente 15m.

nota: se estiver com pressa pode utilizar o béchamel já preparado.

9 comentários:

Luisa disse...

Adoro! Há muito que não faço, uma excelente ideia...

Bom fim de semana

Beijinho

Andradarte disse...

É a primeira vez que vejo ser feito com batata palha...Muito mais prático...Um dia faço para os meus netos..
Beijo

Zé do Cão disse...

E esta até vem com receita e tudo.
Todavia via eu gostava mais já pronta a ser comida no prato.
A última vez que comi esta receita de bacalhau foi no Porto, quando fiz uma visita propositadamente para a conhecer e na inauguração de um pequenino restaurante que inaugurou em dia que houve aquelas corridas de aviões de gente maluca.
Fui no comboio da manhã e regressei à tarde. Tive paciência não tive?
Pois em Outubro passado, foi propositadamente à Galiza "LA Toja"
para jantar com amigos num catamaran, saí às 10 de casa e quando acabamos de jantar vim imediatamente de volta.
Sou maluco não sou?
Como está de saúde? de ferro? ainda bem
abraço do Zé e do seu "bobi"

Anónimo disse...

Gostei muito do seu blog!!! Você deveria cadastrá-lo na lista dos melhores blogs da internet. Envie ele para a lista pelo seguinte endereço: www.sigablogs.com.br/diretorio/cadastrar-blog

São disse...

Obrigada pela receita, pois é uma das raras maneiras de conseguir comer bacalhau, que não aprecio especialmente.

Um abraço grande.

Zé do Cão disse...

Como descansei uns dias, venho dar a volta à "gamela" e comer mais um prato de bacalhau com natas.
Já agora venho também fazer uma recomendação.
Quando for a Santiago, não é só ir ver a Catedral e dar de frósques imediatamente.
Há que ir também ao mercado da comidinha. é medieval e espectacular, à noite apreciar as tunas de Santiago, ir comer a Lavacolhos a Rest. San Paio, e depois no regresso, parar em Padron
procurar o Restaurante Chefe Rivera
e ter uma agradável surpresa, com o chefe a mulher, a comida, o serviço e os quadros na parede junto aos sanitários. Vê lá figuras da nossa praça.
O Chefe é nada mais do que o cozinheiro do REI.

bjs, minha amiga

mfc disse...

Hummm... posso servir-me?!
Beijinho.

Manuel Luis disse...

Não é muito habitual cá em casa. Comi muitas vezes bacalhau com natas quando trabalhei no infantário, sempre que alguma colega fazia festa de aniversario, encomendava-se no restaurante Calipso e dividíamos a despesa.
A tua receita, imagino mais saborosa pelo toque magico das tuas mãos.
Beijo

Bruna disse...

Olá! Adorei seu blog. Tem receitas super saborosas! Cadastre-o na lista dos melhores blogs de culinária através deste link:
http://www.comidas1.com/enviar-blog
Beijos!!!